Inacreditável! Os Médicos Estão Impressionados Com O Poder Deste Produto Natural…

17938
SHARE

remedio-natural

As propriedades curativas do mel podem ajudar a tratar lesões virais e inflamações na pele, de acordo com estudos revistos e publicados no “Jornal de Produtos Naturais Farmacêuticos” em 2013, apesar de o campo de pesquisa ser limitado. O mel tem compostos antivirais e impede o crescimento de outros organismos prejudiciais. Se você tem uma infeção ou uma ferida, consulte um especialista antes de se automedicar com mel.

Propriedades Curativas
O mel e outros produtos vindos das abelhas, como a própolis e a geleia real, têm sido usados tradicionalmente devido às suas propriedades medicinais. Um artigo publicado no “Jornal da Ciência Alimentar” em 2008 refere que o mel tem propriedades antivirais, antibacterianas, anti-inflamatórias e antioxidantes. Mel pasteurizado previne o crescimento de bolor, mantendo-o seguro para consumo e uso na pele. As bactérias e vírus não podem existir ou reproduzirem-se no mel devido ao seu conteúdo altamente ácido.

1-4

Tratando Inflamações Cutâneas
O mel também pode ser útil para o tratamento da pele quando uso enquanto tópico. Um estudo publicado em 2013 na “Biomedicina Transacional” mostrou que o mel possui atividade antiviral contra o vírus da Varicela-Zóster, que causa inflamações cutâneas e dores nos terminais nervosos, apelidando-se essa condição de saúde de herpes zóster. Investigadores testaram o mel de trevo e o mel manuka no tecido de pele infetado com o vírus; ambos mostraram-se capazes de combater o vírus. O estudo concluiu que o mel pode ser uma forma sem custos de tratar infeções virais cutâneas, tais como a varicela.

2-2

Tratando Herpes
O herpes é um vírus simples que causa aftas nos lábios e na zona da boca. Um vírus similar causa também lesões na zona genital. Um estudo publicado no “Jornal de Produtos Naturais Farmacêuticos” em 2013 compara o mel enquanto tratamento tropical com o acyclovir, um medicamento antiviral para lesões provocadas pelo herpes. Os pacientes que usaram o mel mostraram melhores resultados sem efeitos secundários. Também mostraram uma baixa taxa de recorrência. Os investigadores concluíram que o mel revelou ser um tratamento promissor, mas estudos posteriores são necessários para concluir qual o melhor tipo de mel para esta aplicação.

3-2

Tratamento De Feridas
Outro uso externo para o mel passa pelo tratamento de feridas. O mel tem sido usado como um tópico para curar queimaduras, lesões infetadas, úlceras crónicas e feridas, erupções e úlceras do pé diabético. As suas propriedades antivirais, antibacterianas e curativas ajudam a limpar a ferida e a prevenir infeções para uma cicatrização mais rápida. Por este motivo, pensos esterilizados que são embebidos em mel podem ser úteis para o tratamento de feridas em lesões e doenças. Estudos mais aprofundados são necessários para determinar o melhor tipo de mel e o melhor método para o tratamento tópico da pele.

SHARE